.:: Conteudo Jovem ::.

Um Blog com Noticias para os Jovemns

Evangélicos perseguidos no Timor Leste

Posted by fjpaulo em fevereiro 11, 2009

Evangélicos têm sofrido grande e constante perseguição, em todas as esferas da sociedade, por parte de católicos radicais, segundo informações recentes recebidas de um missionário brasileiro no Timor Leste, um dos mais jovens países do mundo, situado na Ásia. Segundo entidades evangélicas, a polícia local não tem agido para conter tais manifestações, nem mesmo o Governo. Recentemente, foi preciso que a polícia da ONU e de Portugal interferissem em uma invasão de um grupo de católicos a uma igreja protestante.

De acordo com o relato de um pastor brasileiro que vive no Timor com sua família, os evangélicos têm sofrido perseguição e discriminação cada vez mais intensas nos últimos meses. O pastor esclareceu que o Timor Leste é um país onde há liberdade religiosa, mas, ao que tudo indica, está deixando de ser observada na prática. Ele contou que o bispo católico do país “determinou que todas as escolas do país, inclusive as de profissão evangélica, tivessem uma freira que passasse de sala em sala rezando com as crianças”. Tal determinação foi acatada pelo Ministério da Educação e os diretores foram obrigados a aceitar, pois correm o risco de sofrer algum tipo de represália se agirem de modo contrário.

Em 30 de novembro do ano passado, católicos radicais invadiram a Igreja Visão Cristã, em Aileo, a 30 quilômetros da capital Dili, e que é dirigida também por brasileiros. Eles chegaram ao final do culto, agrediram alguns crentes e deram um prejuízo de cinco mil dólares ao quebrarem equipamentos de som e janelas. Uma queixa foi registrada na polícia, que intimou o padre responsável pelo ataque a comparecer e prestar depoimento. O religioso não compareceu à delegacia e ordenou que seus membros invadissem novamente a igreja no dia 7 de dezembro.
Segundo o relato do pastor, eles expulsaram os evangélicos do templo, colocaram a imagem de uma santa no altar. Um padre foi chamado e rezou uma missa no local.
A polícia timorense foi chamada, mas, não interferiu, o mesmo aconecendo com os policiais da ONU.. Eles só deixaram o templo com a chegada da polícia portuguesa que ainda está baseada no local já que a região foi durante muito tempo uma colonia portuguesa.

Para os evangélicos, nada foi feito para justificar a violência. A liderança católica do Timor Leste vê como seu direito praticar qualquer tipo de violência para a “madre igreja”. A única religião que eles respeitam é o islamismo, por temerem a reação que possam ter os adeptos daquela causa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: